Baú do Colaborador

Sintra como você nunca viu: pelo olhar do Feng Shui!

Por Camila S.P.Meira, Arquiteta

De 03 a 12 de junho deste ano ocorreu em Sintra, Portugal, o 15° Seminário Internacional de Feng Shui, onde o arquiteto mineiro Carlos Solano e uma equipe de organizadores uniram estudos com viagem cultural. Foi uma celebração: vários professores, palestras, passeios e muita cultura. Tudo vinculado ao tema para proporcionar uma experiência enriquecedora em todos os aspectos.

O que é o Feng Shui? Uma técnica milenar chinesa que avalia e ordena as energias presentes nos ambientes. Existem algumas escolas desta técnica, eu trabalho com a técnica da Bússola e me inscrevi no seminário para complementar meu conhecimento sobre o tema e também para viajar estudando e sabendo o porquê de determinados ambientes e paisagens nos causarem tão boa impressão.

Sintra é uma localidade com sua imponente serra cheia de verde e paisagens de inigualável beleza. Em 1995, recebeu pela UNESCO, a classificação de Patrimônio Mundial na categoria de Paisagem Cultural. Ela possui um excelente Feng Shui urbano, ou seja, uma excelente interação harmônica entre a paisagem, as construções e as pessoas. Suas quintas (antigas residências de veraneio) com jardins floridos e muito ar puro são um charme difícil de descrever.

Seu nome provém do árabe Xentra. Mas também é dito que veio dos Celtas, que chamavam de Cynthia a Serra de Sintra em devoção à lua. Cynthia é a deusa lunar na mitologia grega. Por conta desta devoção à lua que ocorria neste local, é que surgiu o nome Monte da Lua, visto e ouvido até hoje por toda Sintra.

Uma cidade feminina, cheia de matas e águas, associada à lua e aos mistérios sobre o sentido da vida. Muitos pontos interessantes para visitar, apreciar e pensar na vida como Parque e Palácio de Monserrate, os Jardins da Pena, Palácio da Pena, Chalet da Condessa d’Edla, MU.SA (Museu das Artes de Sintra), Palácio Nacional, Castelo dos Mouros,  Palácio e Quinta da Regaleira.

Como características importantes para o Feng Shui, chama a atenção que todos os palácios em Portugal tem lindos jardins que os rodeiam, ou levam a um caminho, fazendo com que as pessoas reflitam sobre suas trajetórias. Esse estudo do caminho, como dizemos na técnica, sempre regido pela força da natureza, é um dos motivos que faz com que o País seja tão especial. E mais especial ainda é Sintra, porque contempla muito a questão da natureza.

E onde se hospedar? Muitas quintas foram transformadas em hotéis, então vale escolher uma delas. Tudo com muito verde, jardins floridos, vistas maravilhosas e aquela bruma ao amanhecer e ao anoitecer que somente um local abençoado pela Lua pode ter. Nós escolhemos e indicamos muito o Sintra Jardim.

Abaixo alguns detalhes para você apreciar:     

Vista interna da circulação do Palácio de Monserrate, residência de verão da família Cook. Uma mansão neo-gótica com inúmeros detalhes riquíssimos. Simplesmente maravilhosa! Vale muito conhecer este lugar e seus jardins. Por que é tão lindo? Porque tem a força do Yang, energia masculina, com a delicadeza feminina da força Yin, através dos desenhos e arabescos mouriscos. Portanto, a harmonia entre as duas energias, Yin e Yang, o delicados e a exuberância, traz como resultado o deleite aos nossos olhos, que tanto admiramos.

 

Ainda no Palácio de Monserrate, a Sala de Música com sua incrível acústica e seu Domo decorado com motivo floral. Também existe uma abóboda central em forma de octógono cor de rosa, que filtra a luz e traz um brilho especial. O octógono é na verdade um Baguá com suas oito partes. O Baguá é um instrumento utilizado pelos terapeutas de Feng Shui, que visa harmonizar as energias da casa. Ele é divido em 8 setores, cada um é chamado de guá  e está relacionado a um aspecto da vida e tem um elemento característico. Vale lembrar que vários palácios de Sintra trazem, até mesmo em pequenos canteiros ou fontes, o formato do octógono.

 

O Palácio da Pena é lindo demais por fora e por dentro, fui em um dia com muita névoa e fiz questão de registrar uma foto com o Adamastor, o Tritão que guarda a divisão dos dois mundos: o aquático e o terrestre.

 

No Castelo dos Mouros, Dom Fernando II (o rei artista e dono da Pena) gostava de pintar na Torre Real e apreciar a vista maravilhosa.

 

Já no poço iniciático da Quinta da Regaleira, é possível percorrer os 27 metros para dentro da terra e chegar literalmente ao fundo do poço. Seus nove andares correspondem às ampliações de consciência segundo a Divina Comédia de Dante. Felizmente, ao chegar ao fundo do poço olhei para cima e vi a luz, aliás uma luz incrivelmente bela!

 

Vista do fundo do poço, um ambiente úmido, escuro e frio; mas mesmo assim, repleto de simbologia.

 

As Grutas do Labirinto sugerem uma viagem e uma procura pela espiritualidade.

 

Ao final de uma delas é possível andar sob as águas, em pedras que foram fixadas em um lago coberto de fino musgo. Qualquer erro ali… Tchibum! Tem que cuidar para não se deslumbrar com a paisagem, deixar para apreciar depois, de mais longe.

 

Aqui na Fonte da Regaleira (que significa Abundância). Na frente da fonte temos um grande banco em semicírculo, um grande espaço para encontro e reunião, ou seja, a abundância vêm da partilha de algo nobre. As iniciais vistas na fonte “CM”, são as iniciais de Carvalho Monteiro, criador da quinta e seus jardins.

 

Por fim, uma vista linda do hotel que fiquei hospedada durante nove dias, o Sintra Jardim.

 

Muito obrigada Camila por compartilhar conosco seu conhecimento e enriquecer o Baú de Família com esta incrível visão sobre Sintra!

Se você curtiu, tem muito mais sobre Feng Shui no Facebook de Camila,  Casa Feng.

um comentário

  1. Que legal esse post! Desde que vi a chamada no instagram, estava curiosa para saber a leitura que seria feita de um lugar histórico e especial, como Sintra, sob a ótica do Feng Shui! Essa leitura sobre a energia positiva dos jardins e a reflexão sobre o passado nos caminhos dos palácios faz todo o sentido! Parabéns ao blog e à autora do texto!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s