Memórias

Lyon: Beaujolais Nouveau est arrivé!

Beaujolais Nouveau est arrivé! E hoje essa frase está na boca de nove entre dez franceses! É que hoje, a terceira quinta-feira de novembro, é Dia de Beaujolais na França, mais especificamente em Lyon. Comemoração em todo o país, mas na cidade é uma festa! Tivemos oportunidade de presenciar em 2004, quando estávamos passando uma temporada por lá! Já contei muitas vezes sobre essa experiência aqui mesmo através de cartas (emails), que mandava para minha família.

Mas  o que é isso? Se você não é um enólogo ou um apreciador de vinhos, como eu, deve estar sem entender muito, não é? Pois foi assim mesmo que me senti na época, quando meu marido chegou do trabalho uma semana antes do tal dia, contando o que veríamos a seguir. Quem? Quando? Do que se trata? Me explicou e tal, mas confesso que viver aquele dia, foi bem diferente.

A terceira quinta do mês finalmente chegou e com ela o vinho Beaujolais Nouveau! Neste dia, o vinho entra na cidade em barcos pelo rio Saône aos olhos da população lyonnais. É um vinho tinto feito de uvas Gamays, cuja produção é feita na região de Beaujolais, colada em Lyon.

As pessoas na rua ficam emocionadas de verdade. Tem dança, tem música, tem festa, tem muita propaganda e, é claro, tem vinho, muito vinho! Todos os bouchons, bistrôs e restaurantes colocam mesas de degustação nas calçadas. Todo mundo feliz com uma taça de vinho na mão. Por todos os lados é possível ver o slogan Le Beaujolais est arrivé (o novo Beaujolais chegou!)! Juro que não conheço nada igual! Não vi um só tumulto na rua ou cena de excesso de vinho na cabeça. Só alegria! E olha, nem o frio faz o povo perder a graça!

Origem do Dia de Beaujolais: Diz a história que esse era um vinho feito rapidamente, com a finalidade de abastecer a população local, logo após a colheita, enquanto o “melhor” Beaujolais não ficava pronto. Em 1951, o Beaujolais Nouveau foi oficialmente reconhecido na legislação. Com o tempo, o que era apenas uma tradição local dos arredores de Lyon, ganhou tanta popularidade que chegou a Paris e atingiu o mundo.

Segundo uma pesquisa que fiz, ao contrário dos demais vinhos, o Beaujolais Nouveau é um vinho produzido em menos de dez semanas, é um vinho para ser bebido jovem. Ele passa por um processo de produção chamado maceração carbônica, através do qual os cachos são colocados inteiros dentro de cubas e então o gás carbônico é adicionado ao recipiente, expulsando, como consequência, o oxigênio lá presente. Acontece uma fermentação intracelular, dentro de cada fruta e depois esta fermentação passa a ser extracelular, pois as peles das uvas se rompem, liberando oxigênio. Este processo de produção invariavelmente confere aromas de banana ao vinho, e esta é uma das suas principais características. Mas no Blog Enofilia você vai encontrar uma opinião de quem realmente entende desse vinho!

Então você vai me perguntar: e o vinho é bom? E eu, muito sem jeito, vou te responder: não sei… Nem cheguei perto dele, porque não gosto da bebida de Baco! Mesmo naquele dia empolgadíssima com a festa na cidade, não tive vontade de tomar, nem sequer experimentar! Eu sou um fiasco! Já andei pelo Chile e nada… já andei até no Vale dos Vinhedos da Serra Gaúcha e pedi suco de uva!! Sou uma vergonha internacional!

Acompanhe algumas fotos (não estão lá essas coisas) e um vídeo do clima daquela noite inesquecível e que, muito provavelmente, é o que vai acontecer hoje à noite em Lyon!

 

 

 

Para você meu leitor, que aprecia um bom vinho, eu não vou te deixar na mão! Meus colegas blogueiros do Suas Próximas Viagens tem um roteiro imperdível, com dicas e fotos sensacionais, das Vinícolas da Toscana! Passa lá! Vale muito a pena!

5 comentários

  1. Parabéns !!!Muito legal o texto. Não conhecia a história do Beaujolais Nouveau. É fato que nunca provei o vinho também 😦 , mas agora fiquei curioso para conhecer. Obrigado por despertar esta vontade e por nos indicar.

    Curtir

  2. Ahh como não provou? hahaha
    Eu particularmente, adoro vinhos e essa festa já me despertou a vontade de viver isso pessoalmente.
    Nem tinha ouvido falar desse lugar na França, mas parece ser ótima.
    Adorei o texto!

    Curtir

  3. muito show!!!! eu iria amar essa festa! Participamos de um desfile na Suíça numa região de vinícolas e lá serviram o vinho novo o tempo todo no desfile. E, dani!!!! você não tomar vinho é um ponto fora da curva, porque você teria tudo a ver com ser uma refinada apreciadora de vinho mas não daquelas que comentam “tem aroma de uvas passas, começa com gosto de cereja com amendoas do norte da Índia e termina com gosto rosas crescidas na estufa” rsrsrs

    Curtir

  4. Que texto gostoso de ler!!! Ah, apaixonei pela ideia da festa, e deve ter sido lindo estar ali, mesmo sem beber! Bebo pouco, mas ia arriscar uma tacinha. Emocionei com o video, que vibrante! Parabens e obrigada por compartilhar essa original experiência!!

    Curtir

  5. Há experiências que vivemos e que nos marcam para sempre, né? Que sorte vocês estarem na cidade, justamente, quando aconteceu a festa! Eu também quase não bebo e já tomei suco de uva em visita à vinícolas, mas acho que tomaria um golezinho desse vinho para ficar na história (risos). Belo texto!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s