Memórias

Cartas – Conhecendo Lyon

Em 2004, meu marido precisou trabalhar em Lyon, na França, por alguns meses e lá fomos nós… Aqui estão algumas cartas que escrevi para minha família contando nosso dia-a-dia e nossas impressões sobre o incrível momento que estávamos vivendo.

Lyon, 14 de outubro de 2004.

Oi mãe, pai, Lucas e Gordo!

Tudo bem por aí? Antes de mais nada, Lucas tu pode mandar pro pai meu e mail de ontem? Aquele que chama notícias. É que as mensagens não estão ficando arquivadas e gostaria que ele lesse a de ontem, pois assim fica uma espécie de diário, ok? E tem o fone daqui também, que ele poderá me ligar se quiser.

Recebi hoje um mail da Sabrina e percebi que eles (o pai inclusive) não receberam meus primeiros mails. E vocês, mãe e Lucas, estão recebendo? O Gordo eu sei que está, porque está respondendo.

Quero contar que ontem de noite atravessamos o rio Saône para jantar na parte velha e foi um barato. Tem uma passarela super legal aqui ao lado do apart hotel e do meio dela, se vê as pontes iluminadas. Lindo, lindo. E o outro lado é espetacular, parece que estou no meio de um filme. Todos os prédios são renascentistas do século XVI, podem imaginar? E como já disse antes, aqui em Lyon tem um projeto de iluminação que é conhecido na Europa. As ruas são super estreitas e todas de paralelepípedos, é um filme.

Na parte velha tem mais um monte de buchons (bistrôs) e escolhemos um de comida tradicional Lyonnais e de sobremesa creme brulê (tô me matando de tanto comer creme brulê). Estava um frio de dar gosto e ainda por cima resolvemos sentar na rua longe do aquecedor, daí não deu. Para sentar na rua tem que ser ao lado do aquecedor. Desde ontem esfriou demais.

Durante a janta vi uma francesa (que só podia estar de tpm) dar um tapa na cara do namorado. Foi legal (pra nós, porque ele acho que não gostou). O Renato estava de costas pra eles e só ouviu o barulho de palmas. Pois sim, palma na cara do francês! Ha Ha Ha Ha!

Depois da janta, quando estavamos voltando para atravessar a passarela do rio Saône, um louco nos pegou e começou a fazer discurso. Gritando, aos berros. Nós não entendemos nada, só que no meio da história tinha muita mérrrrd e justíce. Sei lá. Eu fiquei com medo e tentei voltar para não ter que atravessar com o louco no nosso ouvido. Mas o cara não desgrudava, até que na metade da ponte o mala saiu. Pode? Ontem foi bizarro.

Hoje fui ao Museu do Tecido e de Artes decorativas, um espetáculo. O de Tecido conta toda a história do tecido (é claro) desde o início do cristianismo, a história do tecido francês (jacquard, seda) até os dias de hoje com vestidos de Paco Rabane e Lacroix. Tem muitas amostras de tecidos do quarto de Napoleâo, Luis XV, Josephine e do Palácio de Versalles. Lindo!! Tem muita tapeçaria também.

O museu de Artes Decorativas é a história do mobiliário francês, desde mòveis de Luis XIV até os mais loucos designers de Milão. Tinha louças também.

Fiquei mais de duas horas lá dentro, mas foi lindo. E depois, os prédios sâo uma beleza a parte, praticamente todos tem aqueles pátios internos com jardins.

Hoje choveu bastante e está muito frio.

Vou subir e me arrumar pra jantar.

Milhões de beijos, saudades, Dani.

Me mandem notícias, ok?

Beijos, beijos!!!

Museu de Tecidos e Artes Decorativas

 

O Museu de Tecidos e Artes Decorativas.

 

Rio Rhone.

 

Escrevendo cartas para a família.

 

Pertinho do aquecedor em Vieux Lyon.

 

Rio Saône e a passarela do Palai de Justice.

5 comentários

  1. Nossa como o tempo passa rápido heinn… parece que foi ontem .
    Como é bom viajar né Dani ? Eu sou suspeito de falar isso pois adoro também Kkkkkkk , aliás passo o dia inteiro viajando, ou fazendo a viagem para os outros, então quando tenho oportunidade não perco tempo , estou sempre de olho nas barbadas…
    Esta tua ida à França foi muito legal, deves ter ganhado uma baita experiência adquirido muita bagagem cultural, aliás acrescentou , pois és super inteligente e capaz e ainda , conhecedora das informações e das coisas corretas .
    Muito sucesso minha irmã!
    Bjs
    Lucas

    Curtir

    1. Irmãozinho amado!! Tu sabe bem desse meu amor pelas viagens, não é? É a ti que perturbo diariamente!! Kkkkk! E aproveito o espaço para agradecer muito, sempre foste, e és, muito importante em cada lugar que eu conheci! De coração muito obrigada! Beijos!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s