Viagem

Andorra

Nossa família sempre viaja ou quase sempre,  no período do Natal.  Alta temporada, eu sei, mas é quando podemos, não tem jeito! Portanto, invariavelmente é inverno no Hemisfério Norte e quer saber? Adoramos!! Um frio congelante é tudo conosco! Casaco? Gorro? Manta? Tudo isso e muito mais!!

Já havia um tempo que pegávamos neve caindo, confesso que discreta, não ao ponto de deixar tudo branquinho, mas de deixar nossos ossos mais duros e o pé engessado! Lembro de certa vez  ver em Washington, o Espelho Dágua estar com uma fina camada de gelo, mas o cenário ainda não era o que esperávamos! Na trave! A filha queria cair de cara na neve, de verdade!

Resolvi pesquisar lugares perto da Espanha,  já que estaríamos por lá, que atendesse nossos sonhos. Descobri Andorra, apenas duas horas de Barcelona, nos Pirineus.

Andorra é um país muito pequeno, o sexto menor da Europa, um paraíso fiscal, já que tem carga de impostos reduzida, portanto lojas que parecem free shops.  Fica entre a Espanha Catalã e a França e como fica nas cordilheiras pirenaica, o turismo, ou seja, as estações de esqui e estâncias de inverno são os principais recursos da economia. Logo, seria quase impossível não ter neve.  Perfeito! É pra lá que vamos!

Pesquisa daqui, informações dali, reserva de hotel e marcamos a data de ida. Existem dois jeitos de subir até Andorra: um de carro e outro de ônibus. Carro para quem tem experiência em dirigir em pistas nevadas com correntes nas rodas. Não era o caso. De ônibus para os outros mortais, nosso caso!! Compramos as passagens do Brasil pela internet,  direto no site da companhia do ônibus e imprimimos nossos bilhetes de ida e volta, de Barcelona para Andorra la Vella, a capital. Tudo certo, a não ser o fato de que não tem possibilidade de marcar os assentos. Mas a ideia era chegar cedo e sermos os primeiros a entrar, no bom estilo chinês seguindo os conselhos do velho Confúcio: vale a lei dos mais fortes! Ou seria a lei dos mais rápidos? Enfim…

Dia 6 de janeiro, depois de ótimos dias em Barcelona (outro post), corremos para a estação e pegamos nosso ônibus. Aqui devo relatar que deu ruim no nosso lema de Confúcio. Até saímos cedo do nosso hotel barcelonês, mas o motorista de táxi nos deixou na estação errada. Nossa sorte é que a estação certa, ficava ao lado, porém há muitas pernadas dali. Foi uma correria de tirar o fôlego! E moral da história, tivemos que sentar separados.   Até que foi bom, porque acabei sentando com uma típica senhora catalã muitíssimo simpática e fomos conversando por duas horas sem parar! Essa sou eu, que falo até com a própria sombra.

O fato é que dona Pepa (a pronúncia é diferente da pig do desenho, por favor) me contou várias coisas sobre Andorra, seu time do coração, sua vida, seus familiares e ficamos amigas de infância! Deu inúmeras dicas e sugestões de comida. Dona Pepa me contou que estava indo passar alguns dias com sua filha e netas para comemorarem o Dia de Reis, justo aquele dia, e que em Andorra era costume ter um grandioso desfile pelas ruas. Que eu esperasse carros alegóricos com os Reis Magos jogando balas para as crianças! Pronto! Já fiquei animada! A noite prometia!

Em tempo: a viagem até Andorra-a-Velha foi super tranquila, o dia estava lindo e o ônibus era bem confortável. Passamos por vários pueblos entre as montanhas rochosas. Uma paisagem bem diferente de tudo o que já tínhamos visto. Contudo, aquele sol brilhante e céu azul nos preocupou muito! Eu e meu marido por diversas vezes nos entreolhamos e sabíamos bem o que ambos pensavam: cadê a neve??

Paisagem rochosa. E céu azul.

Quando finalmente começamos a nos aproximar de nosso destino, o tempo nublou, mas as montanhas dos Pirineus continuavam da mesma cor, ou seja, não era o branco. Tensão!

Descemos do ônibus com frio congelante e muito vento. Como nos informaram que nosso hotel era próximo, resolvemos economizar e usar apenas um táxi. Minha mãe e filha foram no carro e eu e o marido fomos a pé, puxando as malas. Não sei se quem deu a dica fez uma pegadinha com os turistas ou o camarada realmente achava que a distância era pouca!!! Só sei que eu e o marido tivemos que caminhar muito! Tudo bem! Somos um casal bem humorado e isso não nos afeta! Precisa bem mais para tirar o sorriso do rosto! Bobos? Não! Resolvemos ser leves na vida! Bem diferente daquelas malas…

Enquanto estávamos nas ruas a caminho do hotel, reclamei: – Era só o que faltava, agora está chovendo!! Ao que meu marido me olhou e respondeu: – Repara bem se isso é chuva… é neve!!!! Ta nevando!!!!

E para a alegria de quem mora do lado de cá do Equador, não parou mais de nevar! Foram mais de 24 horas de neve ininterrupta! Quando, finalmente, chegamos em frente ao hotel, as duas já estavam como loucas comemorando a tão esperada neve na rua!!

Felizes comemorando a neve!

Depois de nosso check in no hotel, reservado do Brasil por um bom serviço de busca, fomos fazer reconhecimento do terreno. Estávamos hospedados na principal rua de Andorra-a-Velha, Avenida Meritxell, onde tem de tudo, muitas lojas, restaurantes e cafés. Um lugar muito bom! De cara vi uma enorme loja de departamentos, a Pyrénées, tipo as Galeries Lafayette, de Paris, ou Falabella, do Chile. Depois da filha patinar no gelo em uma pista por ali mesmo, fomos para o café colado ao hotel aguardar o desfile de Reis.

Martina aproveitando a pista vazia para patinar!
Avenida Meritxell preparada para o desfile.
Começando a aglomeração…
Esperando o desfile de Dia de Reis.
Carros alegóricos e nevando muito…
Nevando sem parar…

No outro dia, com uma paisagem lindíssima de cartão postal, fomos para a estação La Massana. Pegamos um ônibus de linha e depois o teleférico para subir a estação. Passamos o dia nos divertindo entre guerra de neve, fazendo boneco, trenó e snowmobille. Foi uma festa! Almoçamos um bom hambúrguer no restaurante da estação, com direito a lareira e tudo!

No outro dia, no centro de Andorra-a-Velha. Escultura de Salvador Dalli.
Subindo para a Estação La Massana.
Família realizada no meio da neve.

Um boneco (quinho) de neve!!
Garota mandando ver!!
Sempre parceiras até para fazer o anjo de neve!
Porque eu mereço me aquecer… e secar minhas botas!!
Hora de descer. Dentro do teleférico.
Os teleféricos.
Andorra sua linda!!

O terceiro dia foi dedicado ao Parque Naturlândia, um lugar totalmente voltado para crianças com animais e aventuras. Paga-se um ingresso de preço único e brinca em tudo. Aqui confesso que nos  decepcionamos com os serviços. Quem está acostumado com padrão Disney de qualidade, sente bastante as falhas do parque. Para começar só existe um restaurante/lanchonete e ainda por cima, com horário de atendimento. O lugar fecha!!! Como assim? Então, quando chegou a hora do almoço, as filas me pareceram bandejão de fábrica! Sem falar que ficamos horas para conseguir um lugar para sentarmos! Muito ruim!

Personagens do Parque Naturlândia.

Mas se preguntar para Martina se ela voltaria lá, a resposta seria um grito estridente de Simmmmmmm! Ela amou, porque passou o dia fazendo inúmeras atividades e eu passei o dia morrendo de frio. Dirigiu, fez tirolesa, arco e flecha e airtrekk. Inclusive, o Naturlândia se orgulha de ter o mais longo percurso de tobogã alpino do mundo, o Tobotronc, com 5,3 Km! Esse quem encarou com ela, congelando com o vento frio, foi o corajoso marido!

O que é um pontinho rosa lá nas alturas? Martina!
Essa menina é muito corajosa!
E vai começar o Tobotronc, o maior tobogã alpino.
Adorou!!
Esse parque é para crianças que curtem aventuras!

Quarto dia, depois de mais uma percorrida pelas lojinhas, hora de pegar o ônibus de volta a Barcelona. E assim foi nossa super viagem a Andorra! Recomendo!!

7 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s